Páginas

sábado, 24 de julho de 2010

prêmio dado ao pior palpite da rodada

- Wilson Palmeirinhas 2ºrodada  dias 21 e 22 de Julho
              0 pontos
PARABENS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
continue assim.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Curiosidades do futebol mundial


     Não acredito que o juiz marcou falta ja pensou se a moda pega.O lance aconteceu no fim do jogo, quando a vitória do PSG, por 4 a 2, já estava garantida. Sessègnon, é o nome do autor do lance. 
     Agora a duvida que ficou no ar é se o rapaz ao cair se machucou mesmo, ou se simulou uma contusão pela a humilhação sofrida.
_______________________________________________________

Classificação terceira rodada 21 e 22 de Julho 2010

         Nome                                      rod        mês   geral
1º Liliane Akamine                           700       2050 2050
2º Adenildo Alves                            500      1750 1750
3º Jennifer Ramos                            800      1700 1700
4º Rodrigo Lima                              100      1700 1700
5º Edvaldo Amorim                         500      1600 1600
6º Fabio Abreu                                100     1600 1600
7º Fernando Chianezi                       500     1550 1550
8º Andre Silva                                 200     1500 1500
9º Fabio Moreira                             200     1450 1450
10º Guilherme Grenfell                     400     1400 1400
11º Kleber Gattini                            300     1350 1350
12º Glauco Guia                              400     1350 1350
13º Lufabica Moreira                      500     1350 1350
14º Jefferson Batista                        100     1300 1300
15º Felipe Dusse                             100     1300 1300
16º Humberto Ropp                        200     1250 1250
17º Vander Pereira                         200     1250 1250
18º Nalva Fontes                            550    1100 1100
19º Deodoro Souza                        550    1100 1100
20º Wilson Palmeiras                          0    1000 1000
21º Vinicius Rosa                             100     700  700
22º Jéssica Nascimento                   100      300  300
 ______________________________________________________

    

Esclarecendo as coisas


Gostaria, de tirar uma duvida que ocorreu ontem dia 22/07/2010, em nenhum momento me referi ao bolão com desanimo,nunca  deixei transparecer algum tipo de arrependimento, referente ao bolão, ou blog, apenas sou uma pessoa normal como as outras, que pode se sentir alegre, triste, ou que simplesmente pode querer um dia não atender ou falar com ninguém por querer ter um momento de reflexão, então pessoal gostaria de agradecer as pessoas que se preocuparam comigo, até aquela que disse que eu desisto fácil das coisas. Assim posso assimilar mais algum tipo de comentário.
e  para provar que não estou desanimado olhem a foto a baixo 

















___________________________________________________________________________

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Dunga novo técnico do São Paulo ????


Segundo a equipe de reportagem da rádio Jovem Pan São Paulo , Dunga assumirá na próxima semana o clube do Morumbi , ele teria aceitado a proposta São Paulina e viria a São Paulo na próxima semana para acertar detalhes contratuais . Ricardo Gomes até o momento não foi demitido , e mesmo se essa notícia for apenas mais um boato , fatos como esse apenas estão desgastando o relacionamento entre Ricardo Gomes e a cúpula São Paulina ás véspera da fase semifinais da Copa Libertadores. E acredito que isso apenas acaba desestabilizando o clima já nada favorável pelos lados do São Paulo . Mas caso seja confirmado como técnico , Dunga mostra toda a sua antiética e a falta de profissionalismo em ter concordado em acertar um contrato mesmo com o clube com um técnico efetivo e pior , os dois foram companheiros na Seleção Brasileira de longa data . É esperar pra ver os fatos .

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Curiosidades do Brasileirão Parte 2


Bom seguidores desse conceituado blog , semana passada escrevi Algumas das maiores polêmicas que aconteceu em todos os brasileirões de 1971 até 1989 , e seguindo a sequência que comecei semana passada , vamos a partir de agora continuar nossa sequência a partir do ano de 1991 , pois em 1990 a maior polêmica que aconteceu não foi extra campo , mas sim o fato da Rede Globo abrir mão das transmissões do Brasileirão por causa do insucesso da seleção Brasileira na Copa da Itália que terminou o Mundial na Modesta 9º colocação daquele ano . Eliminação extra-campo

26/05/1991

O Corinthians havia se classificado para disputar a semifinal da competição, mas a CBF decidiu dar ao Fluminense os pontos do jogo contra o Botafogo, que, interrompido por uma invasão da torcida botafoguense, acabou 0 a 0. O time carioca passou o paulista na classificação e jogou o mata-mata contra o Bragantino.
Na hora errada

12/07/1992

Horas depois da derrota do Botafogo para o Flamengo por 3 a 0 na primeira partida da final, o atacante botafoguense Renato Gaúcho organizou um churrasco para o flamenguista Gaúcho. A diretoria botafoguense não perdoou o episódio, que Renato explicou se tratar do pagamento de uma aposta. O ponta acabou fora do jogo decisivo Tragédia no Maracanã

17/07/1992

Com 122 mil pessoas no Maracanã para assistir à final entre Flamengo e Botafogo, uma grade da arquibancada cedeu e centenas de pessoas caíram sobre as gerais. Oito flamenguistas morreram e nunca mais o estádio recebeu um público tão grande.

E a “Taça das Bolinhas”?

17/07/1992

Ainda na decisão de 1992, o Flamengo conquistou o nacional pela quinta vez – quarta, segundo a CBF –, o que lhe daria posse definitiva da famosa “Taça das Bolinhas”. O clube comemora com o troféu, mas o devolve à Confederação, que o retira de cena nos anos seguintes. Neste ano, a entidade deu a taça ao São Paulo. Afinal, os cariocas eram tetra ou penta?

Virada de mesa 1

14/11/1993

O Atlético-MG conseguiu a proeza de terminar o campeonato em último e não cair. Isso porque a CBF, aproveitando o fraco desempenho do Grêmio na Série B, decidiu ‘virar a mesa’: rebaixou apenas clubes pequenos e inchou o torneio do ano seguinte para os gaúchos voltarem.

Edmundo parte para a briga

30/10/1994

Palmeiras e São Paulo jogavam no Morumbi e o placar mostrava 2 a 2. Edmundo havia feito os dois gols palmeirenses e buscava a vitória de todos os jeitos. Mas o excesso de vontade acabou levando o “Animal” a cometer falta dura sobre Juninho Paulista e levar cartão amarelo. Furioso, ele partiu pra briga e foi expulso, dando início a uma confusão generalizada.
Farra do efeito suspensivo

15/12/1994

Suspenso da decisão do campeonato contra o arquirrival Corinthians, o palmeirense Edmundo pôde entrar em campo graças a um efeito suspensivo conseguido pela diretoria do clube. O atacante não só jogou como balançou as redes na vitória por 3 a 1 Márcio Rezende de Freitas

17/12/1995

Em uma das arbitragens mais polêmicas da história, o Botafogo bateu o Santos com direito a gol impedido do botafoguense Túlio. Pelo lado santista, foi validado um gol de Marcelo Passos após Marquinhos ter ajeitado com a mão e anulado um legítimo de Camanducaia.
Virada de mesa 2

15/12/1996

Por conta do “episódio Ives Mendes”, num dos primeiros grandes escândalos da arbitragem brasileira, a CBF, em mais uma ação incrível, salvou do rebaixamento os dois piores times da competição, Fluminense e Bragantino. A medida inchou o Brasileiro de 1997, que foi disputado com 26 clubes.

Edmundo e mais efeito suspensivo

20/12/1997

Edmundo, artilheiro do torneio com 29 gols, foi expulso na primeira final entre Palmeiras e Vasco, mas conseguiu jogar a decisão graças a um efeito suspensivo emitido na véspera da decisão. O empate por 0 a 0 deu o título aos cariocas.

Caso ‘Sandro Hiroshi’

03/11/1999

O atacante era destaque no São Paulo, até ser descoberta uma alteração em seus documentos. Diante da acusação a STJD não teve dúvidas: tirou do clube os pontos das vitórias sobre Botafogo e Inter e entregou aos rivais. A medida salvou os botafoguenses do rebaixamento. Detalhe que o Gama, que estava na mesma situação, não recebeu estes pontos e foi rebaixado.
Virada de mesa 3 e Copa João Havelange

29/07/2000

Com o imbróglio envolvendo o Gama e a CBF, a entidade não pôde organizar o torneio, deixando-o nas mãos do Clube dos 13. Estava criada a Copa João Havelange, que trouxe Fluminense, Bahia, América-MG e Juventude à primeira divisão (módulo azul) e dava a clubes da terceira divisão a possibilidade de chegar ao título.

E o alambrado caiu

31/12/2000

Decisão da Copa João Havelange, torneio organizado pelo Clube dos 13 que substituiu o Brasileirão de 2000. O Vasco de Eurico Miranda contra a sensação São Caetano. Com o estádio de São Januário superlotado, os alambrados cederam e diversos torcedores se feriram. Alheio a isso, o Eurico tentou forçar o reinício da partida, enquanto centenas de pessoas eram atendidas em campo.
Evitando complicações

01/08/2001

A CBF decidiu, de forma surpreendente, organizar o torneio seguindo os módulos da Copa JH. Assim, foram mantidas as promoções sem justificativa de Bahia e Fluminense da série C para a Série A. Paraná, São Caetano e Botafogo-SP ameaçaram entrar na justiça contra a Confederação, que, para evitar complicações, decidiu por promover os três também.

Agressão em campo

15/09/2002

A goleada de 6 a 0 sofrida pelo Fluminense para o São Paulo ficou marcada pela agressão de Romário ao zagueiro Andrei, ambos do clube carioca. Eles discutiram e o atacante deu um tapa na cara de Andrei, que não reagiu. Nada aconteceu aos atletas, diferente do que ocorreu em 2009, quando os palmeirenses Maurício Nascimento e Obina trocaram pontapés e foram dispensados.
No distintivo, não!

16/10/2002

São Paulo e Santos faziam jogo polêmico pela primeira fase quando, em forma de provocação, o santista Diego comemorou seu gol pisando no distintivo são-paulino ao lado do gramado do Morumbi. Foi o estopim para uma confusão generalizada. O São Paulo venceu a partida, mas depois foi eliminado pelo rival, que se sagrou campeão, nas oitavas-de-final.
Chega de virar a mesa

17/11/2002

Foi a última vez que o torneio foi disputado com um mata-mata final. A partir daqui, uma série de clubes grandes vem experimentando a amarga sensação de cair para a segunda divisão e ter de voltar para a elite dentro de campo. Palmeiras e Botafogo fizeram campanhas pífias em 2002, assim como o Grêmio (2003), Atlético-MG (2005), Corinthians (2007) e Vasco (2008).
Morte em campo

27/10/2004

O São Caetano enfrentava o São Paulo no Morumbi quando, aos 14 minutos do segundo tempo, o zagueiro Serginho sofreu uma parada cardiorrespiratória e caiu em campo, morrendo no hospital. O clube perdeu 24 pontos por “negligência” e, coincidência ou não, nunca mais foi o mesmo.
Máfia do Apito

02/10/2005

Após a descoberta do escândalo de arbitragem, 11 jogos apitados por Edilson Pereira de Carvalho foram anulados e remarcados pelo STJD. O Corinthians, que havia perdido de Santos e São Paulo, conquistou quatro pontos sobre essas equipes e ficou com a taça.

Bosco e a pilha

30/07/2007

O São Paulo derrotou o Palmeiras por 1 a 0 no Parque Antarctica, mas outro fato chamou a atenção: o goleiro reserva Bosco encontra uma pilha no gramado e, com a mão na cabeça simulando uma agressão, a entrega para o árbitro. A farsa foi descoberta e o jogador foi suspenso, mas não sem antes alegar que a mão estava na cabeça porque “ventava muito”.
"Drible da Foca"

16/09/2007

O Cruzeiro vencia o Atlético-MG por 4 a 3 quando o jovem meia Kerlon foi para cima dos adversários com o "Drible da Foca", no qual prende a bola em cima da cabeça. Se sentindo humilhado, o atleticano Diego Coelho reagiu e foi expulso. No fim, sobraram declarações de menosprezo e ameaças de que o jogador “poderia se machucar”.
Caso Madonna

06/12/2008

Às vésperas da última rodada do Brasileiro, quando o São Paulo jogaria contra o Goiás para se sagrar campeão, uma denúncia de corrupção partiu da FPF: o clube do Morumbi teria tentado subornar o árbitro Wagner Tardelli com ingressos para o show da Madonna. Ambos negaram, Tardelli foi afastado do jogo e o São Paulo ficou com a taça ao bater o Goiás por 1 a 0.
Lambança na Vila

21/06/2009

O Santos perdia em casa por 3 a 2 para o Atlético-MG quando o árbitro Djalma Beltrami encerrou o jogo sem o tempo de acréscimo prometido. Alertado sobre o erro, mandou os atletas retornarem dos vestiários para jogarem os minutos finais. Tempo suficiente para anular um gol legítimo dos paulistas e expulsar o lateral-esquerdo Léo, revoltado.

Quebra-quebra em Curitiba

06/12/2009

Rebaixado para a Série B na última rodada, os revoltados torcedores do Coritiba depredaram o estádio Couto Pereira, invadiram o gramado e o transformaram em um campo de batalhas. Dezenas de torcedores e policiais foram feridos , e o coxa perdeu o mando de campo apenas nas partidas válidas pelas competições nacionais , nas competições locais como o Campeonato paranaense o coxa pode mandar seus jogos . Coisas o STJD .

Internacional não poderá ultilizar Tinga no primeiro jogo das semifinais contra o São Paulo .


O Internacional recebeu uma péssima noticia nessa quarta feira , O Meiocampista Tinga está fora do primeiro jogo das semifinais da Copa Libertadores dia 28 desse mês , Tudo porque Tinga terá que cumprir suspensão por sua expulsão na Final do torneio contra o São Paulo em 2006 . cartolas colorados sabendo disso, foram até Assunção tentar um efeito suspensivo para que Tinga jogue , mas a Comenbol foi irrevogável e manteve a suspensão . Todos sabem que sou corinthiano , mas mesmo assim não contive o riso e dei muita risada desse fato , pois por causa dos Gaúchos do Internacional que fizeram a picaretagem com a CBF ea Fifa para a antecipação da janela , a janela Internacional foi reduzida e o que era pra ser fechada dia 31 de Agosto , será fechada dia 19 tudo por causa da turma que quer ser mais realista que o rei , prejudicando boa parte dos clubes brasileiros que terão que correr contra o tempo para trazer jogadores de fora do país. E aqui vai a minha opinião desse caso . BEM FEITO INTERNACIONAL !!!!! A JUSTIÇA FOI FEITA !!!!!!!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Mulheres e o futebol!!!

     Há quem diga que não entendemos de futebol, assim como não entendemos de carros ou qualquer assunto de interesse predominantemente masculino. Este assunto gera polêmica entre os mais machistas. Alguns se recusam a admitir que nós mulheres sejamos capazes de dar uma opinião plausível quando o assunto é futebol. O fato é que hoje em dia tem aumentado, e com freqüência, a porcentagem de mulheres que vão aos estádios movidas pela paixão por seu time. Acreditem ou não, elas fazem parte da grande quantidade de torcedores que freqüentam aos jogos.
     É estranho, mas algumas ainda recorrem ao famoso “radinho de pilha” para não perder os melhores lances de seu time em campo. Isso comprova que o cenário anterior, onde personagens eram homens marrentos, revoltados e apaixonados pelo seu time, mudou.
     Dentro de campo também temos mulheres que sabem driblar e golear tanto quanto os grandes nomes do futebol mundial, mas fora de campo elas também estão batendo um bolão. Algumas até encaram discussões sobre o esporte bretão em mesas de bares.
Parece estranho, mas hoje em dia as coisas mudaram. Nós mulheres do século XXI não queremos mais saber de falar sobre shopping, cortes de cabelos ou filhos. Quando nos encontramos, um dos assuntos mais discutido é o futebol, e se percebe que não são comentários fúteis; falamos com convicção, expressamos nossas opiniões e tecemos criticas abalizadas sobre esquemas táticos, regras do jogo, entre outros.
     E, pasmem, sabemos sim o que é uma linha de impedimento e quem é o homem com a camisa de cor diferente no meio do campo.
Reza a lenda que só sabemos comentar sobre as pernas dos jogadores, o que é um engano. Claro que vez ou outra acontecem comentários deste tipo, afinal somos mulheres e admiramos o que há de melhor, mas gostamos mesmo é de ver as performances, o jogo bonito, as jogadas de mestre e claro, os gols.
     Futebol é beleza, é poético. E feminino também (por que não?). Pensem nisso, meninos.






texto: Jennifer Ale
______________________________________________

segunda-feira, 19 de julho de 2010

A janela foi aberta


É mais uma vez a CBF nos proporcionou um ato de regressão ao futebol,  em épocas em que cobramos uma maior organização do futebol nacional, calendários mais justos, respeito aos torcedores, o ilustríssimo presidente da CBF o Sr. Ricardo Teixeira deu um passo a traz a solicitar junto a FIFA uma autorização para poder inscrever os jogadores “gringos” brasileiros que jogam no exterior. Para quem não sabia para um jogador poder ser inscrito em algum campeonato depois da janela do inicio do ano, poderia apenas inscrever no primeiro dia útil de Agosto período em que se iniciava a janela de transferências.


Uns dos times mais interessados com essa medida é o Internacional de Porto Alegre, time que irá disputar uma vaga para a grande final da copa Santander Libertadores da América e que contratou mais jogadores em áreas criticas de seu elenco, como o Sr Ricardo Teixeira tem uma picuinha com o presidente do São Paulo F.C, estamos presenciando essa nova mancha em nosso futebol nacional.
_______________________________________________________

  

domingo, 18 de julho de 2010

Classificação segunda rodada 17 e 18 de Julho 2010

       Nome                                           rodada               mês             geral
1º Rodrigo Lima                                    1000              1600             1600
2º Fabio Gattini                                     1000              1500             1500
3º Liliane Akamine                                  700              1350             1350
4º Andre Silva                                        600              1300             1300
5º Adenildo Alves                                   950              1250             1250
6º Fabio Moreira                                    800              1250             1250
7º Jefferson Batista                                 650              1200             1200
8º Felipe Dusse                                      850               1200             1200
9º Edvaldo Amorim                                850               1100             1100
10º Humberto Ropp                               650               1050             1050
11º Vander Pereira                                550               1050              1050
12º Fernando Chianezi                          450               1050              1050
13º Kleber Gattini                                 700               1050              1050
14º Guilherme Grenfell                          700               1000              1000
15º Wilson Palmeiras                            650               1000              1000
16º Glauco Guia                                   500                 950                950
17º Jennifer Ramos                               350                 900                900
18º Lufabica Moreira                           600                 850                 850
19º Vinicius Rosa                                 250                600                  600
20º Nalva Fontes                                 450                 550                 550
21º Deodoro Souza                              550                550                 550
22º Jéssica Nascimento                          0                  200                 200

São Paulo em crise??????


Parece que a paralisação do campeonato brasileiro afetou e muito o processo de recuperação que o time do São Paulo estava tendo na temporada de 2010, lembramos que o time não vem bem desde o inicio do ano, participações pífias no Paulistão, na libertadores também não iniciou bem e estava desacreditado para as oitavas de final, mas venceu bem os dois jogos contra a equipe do Cruzeiro, mas o que todos achavam não esta acontecendo, de que com esse tempo disponível a equipe treinaria jogadas ensaiadas, jogadas de linha de fundo, contra a taque, etc. Mas o que vimos ate agora foi um time inofensivo, onde sua maior virtude que era a defesa estar uma baba,
Para completar ainda vem o cidadão chamado Fernandão, informar que o time não esta assustado com esse reinício tão ruim do tricolor Paulista.
- Acho que ainda temos dez dias para o jogo da Libertadores. Tivemos 40 dias para trabalhar e treinar. Agora, temos que encontrar novamente o ritmo de competição e a vivacidade dentro de campo – afirmou o jogador, autor do segundo gol do São Paulo na derrota por 3 a 2.
        O pior de tudo é que esse técnico não faz nada para mudar a situação da equipe ta querendo mudar algo que não se deve mexer no meio do campeonato, no esquema tático caraka o time rende mais com o 3-5-2, então se adapte você Ricardo Gomes ao modo de jogo do time do São Paulo, já que no inicio do seu trabalho você não conseguiu mudar a forma de jogar. Para a torcida do tricolor Paulista resta apenas aguardar a eliminação do time que esta cada vez mais eminente.
____________________________________________